Parcele em 6x sem juros ! Frete Grátis para todo Brasil em pedidos acima de R$500,00 ( exceto pigmentos )
Cadastre-se.
Logotipo Projeto Urucum

Mordentes Especiais

Existem alguns mordentes que não são os mais utilizados, mas que podem dar um toque especial às suas peças e […]

Existem alguns mordentes que não são os mais utilizados, mas que podem dar um toque especial às suas peças e destacar ainda mais as cores que você criou.

Existem mordentes minerais e vegetais e cada um deles pode gerar um resultado diferente. A desvantagem em usar os mordentes vegetais é que eles podem deixar uma leve tonalidade bege ou amarela em seu tecido, o que pode modificar o resultado. Isso pode ser interessante se você deseja uma cor mais intensa , mas se você busca tons mais pálidos, pode ser um problema.

Os mordentes podem ser armazenados em potes herméticos para uso futuro, mas o ideal é que você use apenas a quantidade correta para o seu tecido.

  • Mordentes a base de plantas

Fibras podem ser mordidas com mordentes de acido tânico, que é extraído de galhos e cascas de carvalho, nozes, cascas de castanhas, galhos de videiras, uvas, folhas de eucalipto, pedículo do caju, cravo, canela, açaí, romã, feijão aziki.

Também existem os mordentes vegetais a base de acido oxálico , extraído das folhas do ruibarbo , borage , algas marinhas, espinafre, tomate, inhame, carambola e outros vegetais.

Porem esses, são mais usados como pré mordentes. Os mordentes melhores geralmente são os minerais.

Foto por Jessica Lewis em Pexels.com

Mordentes Minerais

Evite o uso de metais pesados para fazer seus tingimentos. Os mais indicados, são o alúmen de potássio e o ferro. Cobre e outros podem ser utilizados, mas são considerados tóxicos . O alúmen é um metal leve e o ferro, apesar de pesado, é seguro para ser utilizado. Quando usado na quantidade correta , o alúmen é completamente absorvido pelas fibras de tecido .

Alúmen de Potássio ou Sulfato de Alumínio potássico - quando usado em fibras vegetais, geralmente apenas o alúmen é suficiente. Porém as vezes , para as fibras vegetais, ele necessita de um auxiliar, o Carbonato de Sódio ( Na2CO3) também conhecido como carbonato acido de sódio ou Barrilha leve ( aquela que se usa na piscina ), que irá ajudar as fibras a absorve-lo completamente. No caso das fibras animais ( lãs), utilizamos o cremor tártaro ( bitartarato de potássio) , um ingrediente muito utilizado em confeitarias no preparo de cremes, doces, bolos e outras sobremesas, oferecendo mais cremosidade e leveza às massas. Já a seda aceita qualquer tipo de mordente, mas de preferencia use o alúmen .

Metais pesados: Pode-se fazer mordentes de ferro, cromo ou estanho , fervendo-se alguns destes metais em água. Para se fazer mordentes de ferro, por exemplo, ferva 5 litros de água com 2 xícaras de vinagre e uma xícara de pregos enferrujados por uma hora. Deixe descansar por 24 horas e então separe a água para usar .

Sulfato de Cobre : Misture 500 g de casca de eucalipto com uma colher de chá cheia de sulfato de cobre. Ferva em 5 litros de água e deixe o tecido de molho por 24 horas.

Sulfato de ferro : facilmente encontrado em lojas o line e lojas de jardinagem, deve ser usado sempre em quantidades muito pequenas, que variam de 1% a 4% do peso do tecido. Ele deixa as cores muito mais escuras e se usado em tecido pre mordido com taninos, seu tecido irá adquirir a cor negra.

  • Dica Quente : Sujou as unhas com ferro? Esfregue a polpa de um limão até sair. Depois lave muito bem as mãos e hidrate.
Foto por Miguel Á. Padriñán em Pexels.com


Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Ver todos os comentários

Conteúdo relacionado

Taninos que imprimem
Por Urucum Ecoprint | 14 de out de 2021

Plantas que imprimem - Taninos

Tingindo couro
Por Urucum Ecoprint | 22 de maio de 2021

Tingindo couro

magnifiercross